Diferente para sempre

Hoje quero partilhar com vocês uma letra que fiz e ainda não musiquei. O engraçado é que fiz ela pensando em alguém e depois me vi nela, diferente para sempre também.

Desta vez a letra veio antes da melodia. Canções são assim mesmo. Outro dia mesmo aconteceu exatamente o contrário, letrei uma melodia feita à 15 anos. O resultado foi uma bossa bem light que outro dia desses mostro para vocês aqui, assim que gravá-la.

Enquanto isso, viajem comigo em “Diferente para sempre“…

Meus bichos, meus grilos
Meus matos, meus gastos
São fatos concretos e incompletos
Cenários que preparo para o ato que espero se realizar

Moldura sem quadro é arte para poucos
Mentes rotuladas em embalagens retornáveis

Diferente para sempre
Para nunca mais voltar a ser igual

Há quem diga, inteligente
Isolado ou anormal
Prefiro, diferente
Em um todo tão igual

Quero ainda um dia desses encontrar um tão diferente
Que me faça ser igual ou mesmo uma normal dessas
Mas que me ame diferete para todo o sempre, coisa e tal

Anúncios